O conflito teria acontecido entre capangas de um fazendeiro da localidade e moradores do assentamento.

De acordo com a PM, policiais estavam de folga.

Ao menos dois policiais militares e dois trabalhadores rurais ficaram feridos em um confronto na noite desta quarta-feira (8) no acampamento Emílio Zapata, que fica localizado dentro do assentamento de terra Ademar Moreira, na região de São Matheus, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio. De acordo com a PM, os policiais estavam de folga nesta quarta.

O confronto teria acontecido entre capangas de um fazendeiro da localidade e moradores do assentamento, segundo o ouvidor agrário do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) Rio de Janeiro, Luiz Carlos de Andrade.

De acordo com Luiz Carlos, o Incra já conseguiu a posse de uma parte do assentamento e um processo na justiça ainda está em andamento para que o instituto tenha a posse da outra parte da localidade, o que estaria deixando o fazendeiro inconformado.

Ainda segundo o ouvidor agrário, há cerca de três dias, homens encapuçados chegaram a invadir o acampamento onde moram os trabalhadores rurais e suas famílias e atearam fogo, queimando parte das plantações.

Os moradores estariam sofrendo ameaças constantes, segundo o ouvidor.

Os policiais foram levados para o Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde deles e dos trabalhadores rurais que também teriam sido baleados durante o confronto.